Ligue pra gente!
3066-2600

Como evitar doenças comuns do verão

Nenhum Comentário 408 Visualizações1


Como evitar doenças comuns do verão

Mais frequentes no verão, doenças como insolação, intoxicação alimentar, desidratação, entre outras, podem causar bastante desconforto durante a estação e seus feriados prolongados, como o Carnaval. Saiba como evitar doenças comuns do verão e aproveitar o melhor do período nas próximas linhas!

Observe a procedência dos alimentos

A combinação de verão e férias faz com que as pessoas saiam mais de casa e comam fora com uma frequência maior. Por isso, o melhor a se fazer, como uma das primeiras medidas ao colocar o pé pra fora de casa, é comer em lugares conhecidos e ficar sempre atento à conservação dos alimentos, que estragam mais rápido com as altas temperaturas e podem causar a famosa intoxicação alimentar.

Os sintomas da intoxicação alimentar incluem febre, mal-estar, vômito, diarréia e outros desconfortos digestivos.

Para tratar, é importante se hidratar com bastante água, água de coco, soro caseiro ou soro de reidratação, achado em farmácias.

Abuse do protetor solar e da água

Vai pra praia, piscina ou fazer qualquer outra atividade com muita exposição ao sol? Anote a segunda medida: passar muito protetor solar no rosto e no resto do corpo, além de tomar muita água.

A insolação é outra doença comum do verão e aparece de forma avermelhada na pele, geralmente acompanhada por ardência e, em casos piores, bolhas. Saber as horas que o sol tem maior intensidade também ajuda e, caso você não saiba, a gente ajuda: de 10h às 16h. 😉

Cuidado com a umidade na orelha

A entrada de microorganismos em nosso ouvido pode causar inflamação interna e externa, causando também dor de ouvido ou a chamada otite. As crianças são as mais afetadas por essa doença de verão, ficando até com febre em alguns casos.

Para evitar a otite, as orelhas devem estar sempre secas e não devem ser utilizados cotonetes, ao contrário do que se pensa. Os cotonetes podem empurrar a cera para dentro e impedirem a saída de água, contribuindo para o aumento da umidade.

Para tratar as otites, deve-se pingar gotas para limpeza, descongestionantes e, eventualmente, antibióticos. Consulte um médico ao sinal de qualquer irregularidade.

Lave as mãos com frequência

Como já mostramos diversas vezes em nossa página do Facebook, na editoria “Lave as Mãos”,  não lavar as mãos frequentemente pode causar diversas doenças e trazer bactérias para dentro de casa.

Ao levar a mão suja aos nossos olhos, por exemplo, podemos causar irritações e doenças como a conjuntivite, que traz vermelhidão, inchaço dos olhos e os fazem lacrimejar.

Portanto, para evitar essa outra doença mais comum do verão, lave as mãos sempre ou utilize algumas gotinhas de álcool em gel para higienizar as mãos sempre que possível.

Tem filhos e gostaria de dicas voltadas especialmente aos pequenos? Confira agora nosso post com 4 cuidados para ter com as crianças no verão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *